sitemeter

terça-feira, 23 de junho de 2009

Imigrantes Escolhem Cabo Frio

Fotos de Andréa Morais

Praia do Forte, passageiros, embarcando em transporte coletivo e o comércio no centro da cidade



Busca por qualidade de vida aumenta a população da cidade

Por Andréa Morais e Camila de Souza
O crescimento migratório interestadual tem aumentado a cada dia, principalmente nos municípios interioranos. Em Cabo Frio não é diferente; os imigrantes vêm para cidade atrás de qualidade de vida. Buscam tranqüilidade e encontram, ainda, as praias de água transparente e areia branquinha, características de exclusividade do balneário. O comércio aumenta o volume de vendas, por outro lado, cresce a inadimplência o que desencadeia o surgimento de financeiras e empresas de análise de crédito.A cada dia, aparecem novas corretoras e construtoras trazendo oportunidade de empregos, o que mantém os moradores na cidade além de empregar muitos residentes de municípios vizinhos. O emprego é também um dos motivos pela escolha de moradia.

Crescimento Populacional
Especializado em antropologia social e urbana, o pesquisador Gilberto Velho em entrevista a sessão Morar Bem do O Globo (Maio/2009), arriscou alguns palpites para a fuga cada vez maior dos cariocas da cidade onde nasceram. “Todo mundo sabe que os imóveis são mais baratos fora do Rio, mas essa está longe de ser a questão central. As pessoas querem é fugir da violência, o exemplo mais gritante do caos urbano em que estamos imersos. Desordem, poluição e engarrafamento também impedem os cariocas de alcançarem à qualidade de vida que desejam”, concluiu Gilberto.
Por ser uma cidade tão atrativa e de grandes belezas naturais, Cabo Frio acaba atraindo turistas, que por sua vez, acabam tornando-se moradores. Esse é o caso de Carine Figueiredo de 19 anos, moradora do bairro São Cristóvão.Há 6 anos trocou o Rio de janeiro, cidade onde morava, por Cabo Frio. Antes passava somente os fins de semana, mas as praias e a tranquilidade fizeram da cidade a primeira moradia da família.
Segundo o Cartório Eleitoral do município de Cabo Frio, em 2007 foram transferidos 9641 eleitores, e em 2008, 5300 eleitores. Em relação ao total de Justificativas, foram processadas, no município de Cabo Frio, no 1º turno de 2008, 14236 pedidos de justificativa e no segundo turno, 4499. Só com esses dados é possível perceber o quanto Cabo Frio tem aumentado a sua população.
Desenvolvimento Sustentável
Seria utopia pensar em crescimento populacional se não pensássemos também em desenvolvimento sustentável. A pesquisa da Analista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade do Metrô de São Paulo, Cacilda Bastos Pereira da Silva foi usada como base para entendermos melhor, o “Desenvolvimento Sustentável”.
No Brasil teve início após a Eco92. Independentemente do país o desenvolvimento sustentável satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades (WCDE, 1987).
Mas, se voltarmos o foco para o transporte público três aspectos podem ser incorporados ao desenvolvimento: econômico, social e ambiental. O econômico faz com que a eficiência do transporte esteja relacionada á condição de pagamento do público usuário, o social implica em atender toda a população através do quesito da equidade (igualdade para toda população) e o ambiental implica em alterar o modelo de transporte individual e investir em sistemas que não comprometem o meio ambiente evitando a degradação, super consumo e desperdícios.
Transportes
Mas nem tudo são flores quando se trata da relação aumento populacional x transportes públicos. Na Região dos Lagos, isso fica bem evidente. Possuindo apenas uma empresa de ônibus, A Salineira, e tendo que atender a todos os municípios da região (Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Saquarema), o transporte alternativo é uma opção para população, além dos 234 táxis que circulam pela cidade. Por apresentar um importante setor de serviços com destaque para a atividade do turismo, além de bancos, clínicas de saúde, hospitais aeroporto e universidades. Cabo Frio atende uma grande parte das cidades vizinhas.E portanto, o transporte público dentro deste município é bem mais presente.
Segundo o Subsecretário de Transportes de Cabo Frio, Maurílio Pires, o número de passageiros transportados era de 18.000 (dia), antes do projeto da passagem R$1,00 implantado em,13/11/2007, com 38 ônibus operando nas linhas municipais. Houve um aumento na demanda de até 56%. Hoje chega a 28.000 passageiros transportados por dia, com um total de 46 ônibus operando. Foram abertas três novas linhas: Parque Eldorado III, Circular Centro via Porto do Carro e Maria Joaquina via São Jacinto.
Saúde e Educação
Na saúde será implantado um sistema para melhor atender a população. “Estamos tentando implantar um núcleo de apoio a saúde da família, para apoiar os postos de saúde familiar, no qual vai criar especialidades médicas para o atendimento da população. Foi desenvolvido pela demanda do Governo Federal. Esperamos suprir todas as dificuldades da população e assim conseguir desafogar o atendimento dos hospitais”, explicou Paulo Rozaes, Assistente Técnico da Coordenadoria do Programa Saúde da Família.
O Programa Saúde da Família funciona baseado em agendamento,somente para moradores dos bairros,onde funcionam os Postos de Saúde Familiar. O serviço dos médicos e enfermeiros aumentou, por conta do aumento da população. Os médicos dos postos possuem várias especialidades, como, ginecologia, clínica médica e obstetrícia. Há também, aplicações de vacinas e atendimento odontológico. Conforme dados da DATASUS e SIAB, foram 806 consultas na cidade, no ano de 2007, já em 2008 este número pulou para, 1324 consultas, nos Postos de Saúde Familiar.
Nas escolas, o número de alunos matriculados em 2007 era de 31.580 alunos, em 2008, 32.951 alunos, desse aumento, 1906 alunos foram de transferência. Nas escolas houve redução de 74, para 73, segundo informações da POAME 2007/2008/ Educacenso.
Comércio
Cabo Frio cresceu nestes últimos 10 anos, em torno de 4,5% . Em 1997, apresentava 90.000 habitantes. Hoje os dados estimados do IBGE são de 176.000 habitantes. “O crescimento maior foi na faixa universitária, a melhor idade, que vem atrás de qualidade de vida e de pessoas que moravam longe do centro do Rio e preferiram morar em Cabo Frio. O comércio se desenvolveu muito, somos o Pólo Comercial da região. Hoje temos aproximadamente 7000 unidades comercias. Entre, educação transporte, agências bancárias, unidades financeiras, serviços e indústrias. A cidade cresceu e o comércio teve que acompanhar”, disse o Coordenador de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ricardo de Azevedo. Não é só a terceira idade que vem em busca de qualidade de vida. Sabrina Queiroz Monte, de 26 anos, estudante, trocou Vitória-ES por Cabo Frio após o casamento. “Por ser uma cidade pequena, o acesso aos serviços públicos, como saúde e educação é mais fácil do que na cidade grande. Tem praia em todos os cantos da cidade, você se diverte sem dinheiro, aqui tem qualidade de vida” enfatizou Sabrina. Já Leziane Cristina Dias, 32 anos, auxiliar administrativa, saiu de Belo Horizonte, porque o pai conseguiu emprego aqui na área de construção. Mora no bairro, Jardim Esperança. “Adorei a cidade as praias e as pessoas, são mais cooperativas que em Belo Horizonte, lá as pessoas são frias e impessoais”, disse Leziane.Segundo Ricardo, O Jardim Esperança cresceu bastante, com o desenvolvimento imobiliário há um empurra-empurra, as pessoas que moravam no centro vão passando para os bairros vizinhos em direção ao Jardim Esperança, diferente do Segundo Distrito, que cresceu em função das pessoas que migraram de outras cidades. “Eu acredito muito no potencial da cidade a gente cresceu mais do que esperava”, enfatizou Ricardo Azevedo.
Reportagem publicada no "Jornal de Sábado" do dia 04/07/2009.

13 comentários:

Dias Rodrigues disse...

Andréa gostei do seu blog, especialmente esta matéria que você me entrevistou. VoCÊ É FERA. Vi as entrevistas e reportasgens de outras notícias, são muito boas. Parabens.
Leziane

Andréa Morais disse...

Obrigada duas vezes; pelo elogio e pela entrevista! Fique a vontade e volte sempre.

Marsano disse...

Oi Andrea. Me aposento daqui há 3 anos e pretendo viver em Cabo Frio. Moro em Brasília. Vc poderia me indicar os bairros bons para se morar em Cabo Frio? Parabéns pelo seu Blog.

Andréa Morais disse...

Oi Marsano,Existem vários bairros bons para morar, em Cabo Frio. Depende do valor que você pode pagar.Para mim, os melhores são: Passagem, Braga, Portinho, Palmeiras...É melhor procurar um corretor e fazer uma visita...Boa sorte!!

Kátia disse...

Ola Andreia, moro no interior de São paulo e estamos pensando em morar em Cabo Frio, Temos uma filha de 12 anos e uma de 16, e trabalhamos como corretores, queria saber as maiores imobiliárias de Cabo Frio e Escolas. Adoramos seu Blog. Obrigada

adriano nogueira de sa disse...

queria saber como arrumar uma casa de tres quartos por 750 e queria se vc falar pra mim quais sao os bons bairros que ai tem,e na area de contrucao civil tem ai bastante servico obrigado pela sua informacoes




Andréa Morais disse...

Olá Kátia, Existem várias corretoras na cidade.Infelizmente, não posso te informar quais as maiores, porque todas têm espaço. Quanto as escolas, também têm algumas. Inclusive, universidades, como Veiga de Almeida e Estácio de Sá. Desculpe, por não poder ser mais exata. Antes de mudar, venha passar um final de semana e conhecer um pouco mais da cidade. Beijos e boa sorte!!!Obrigada!!!

Andréa Morais disse...

Oi Adriano, conforme informei para o Marsano. Existem vários bairros que eu gosto: Passagem, Braga, portinho, Palmeiras. Quanto ao valor dos imóveis, é melhor vc procurar uma corretora da cidade para te ajudar. Tem bastante emprego na área de construção civil, sim. Boa sorte!!!

viviane disse...

oi tudo bem? tenho muita vontade de morar em cabo frio, mais gostaria de saber se tem empregos para a área estética, atualmente moro em sp capítal.

obrigada

Andréa Morais disse...

Olá Viviane,
Existem várias clínicas de estética, na cidade e na região. Acredito que tenha vaga, sim. Principalmente, se você for uma boa profissional. Porem, a certeza, você só terá, tendo contato com as clínicas. Procure na Internet o contato de algumas clínicas da cidade e se informe melhor. Desculpe, mas no momento é só o que posso lhe informar. Beijos e boa sorte!!!

Roberto Leite disse...

Muito legal o blog. Eu e meu parceiro estamos migrando de Londres para Cabo Frio ano que vem! Muito ansioso e animado. Chega de frio! rs

Andréa Morais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andréa Morais disse...

Obrigada Roberto Leite!!!Sejam bem vindos!!!